Tão pouco para ser feliz

105

Preciso de tão pouco

Para viver feliz

Quero meus caminhos abertos

Para gozar minha liberdade

 

De andar sem pressa

Para poder chegar no tempo certo

Nos lugares onde quero

Ter pessoas para trocar olhares

 

E no horizonte desenhar

Um início de esperança

De poder espalhar as sementes

Onde a música se faça presente

 

Ao longe o berimbau assanhado

Na cadência do agogô

Brinca com a alfaia

 

Jocosidade pela estrada

E cravar os olhares

Nas folhas das árvores

Escutar o sabiá

 

Sentir a força das corredeiras

Ouvir a voz das sereias

No encanto do silêncio

A perspicácia falo alto

 

É ciranda e samba de roda

E nas palmas estaladas

Continuo minha estrada

 

Confiando em quem

Encontro de pés descalço

Trocando sem pudor

Saberes, abraços e amore

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui