As pessoas talentosas são importantes para o trabalho do mestre, pois ajudam a atrair novos alunos.

Muitas vezes, o mestre de capoeira aproveita os dons de seus alunos e os transforma em um bem comum para todos os integrantes, treinando em conjunto com o grupo para que todos se sintam iguais; e, em outros momentos, elaborando treinos especiais separadamente para aqueles que já se encontram graduados e formados.

O mestre de capoeira procura, constantemente, capacitar seus alunos para que estes alcancem um grau de maturidade, adquirindo competência para realizar futuros trabalhos de capoeira.

Também o mestre educador busca desenvolver outras potencialidades que a modalidade de capoeira possui, como as músicas, os instrumentos e os toques, além das danças: maculelê, puxada de rede, samba de roda, dança guerreira e dança do fogo.

O mestre, com uma visão do futuro, acredita na força do espírito de liderança que seus alunos podem vir a ter, e lança mão de recursos que fazem com que eles adquiram confiança e segurança, estimulando-os para que tal fato se concretize.

“É muito importante que o mestre tenha um espírito empreendedor, que todo educador deve ter, e compreenda que a sua missão é muito mais do que treinar alunos para serem capoeiristas, pois ele ensina a jogar, a cantar e a tocar instrumentos, além de capacitá-los para serem multiplicadores da cultura”

É comum ele se empolgar com o aluno que possui um potencial visível e, então, transformá-lo em um guerreiro por causa de sua estrutura física. Esse aluno, em vez de aprimorar seus dons e habilidades, desenvolve a força transformando-a em agressividade. Sente-se como máquina e começa a testar, duelando com outros capoeiristas, dentro e fora do grupo. Com o passar do tempo, fica machucado e sem espaço para jogar capoeira.

Com isso, o mestre perde um excelente aluno por causa da violência e da falta de preparo psicológico, além da busca incessante da autoafirmação.

Todo capoeirista possui potencialidades e também limitações, e o mestre, por ter mais vivência, deve ser capaz de articular toda a sua equipe em prol da capoeira.

Para que o mestre consiga alcançar seus objetivos, ele deve trabalhar atendendo a todo o grupo, como unidade e com interdependência, buscando o crescimento comum de toda a equipe.

O grande segredo do sucesso de um trabalho de capoeira acontece quando o mestre consegue fazer com que o seu grupo, com potencialidades individuais, tenha responsabilidades e valores comuns.


 

Mestre Biro – Capoeira e Escritor

Autor dos livros, Capoeira, cultura que educa, o Carroceiro e a Irmandade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui