Museu Índia Vanuíre e indígenas do oeste paulista promovem parceria em celebração ao Dia do Índio. Programação faz parte da 49ª Semana do Índio, realizada virtualmente de 12 a 25 de abril.

Semana do Índio

12 a 25/04/2021

A Semana do Índio, realizada anualmente pelo Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre, visa a promoção das culturas indígenas que coabitam as Terras Índígenas Vanuíre, Icatú e Araribá, Kaingang, Krenak, Guarani e Terena. Trata-se de um evento cultural para aproximar as culturas indígenas das não indígenas, demonstrando que o Brasil, a região oeste de São Paulo e a cidade de Tupã se constituem pela diversidade e pelas diferenças. A sociedade brasileira é plural e vemos nessa característica um valor a ser destacado. Nesse sentido, a 49ª Semana do Índio de Tupã acontece para que nos lembremos de que os indígenas no Brasil fazem parte da nossa sociedade.

O evento será realizado em edição virtual, no período de 12 a 25 de abril, e compreende uma programação com diversas atividades culturais a saber:

Vídeo de abertura da 49ª Semana do Índio

Data: 12/04/2021

Mês de abril é um mês de reflexão e conscientização sobre a riqueza da pluralidade cultural étnica e sobre a força e resistência dos povos indígenas!

Por meio de vídeo, Tamimi Borsatto, gerente do museu, convida o público a acompanhar a 49ª Semana do Índio, onde estaremos divulgando as riquezas culturais  dos povos indígenas do oeste de São Paulo.

Local: redes sociais

Horário: segunda-feira

Informações: (14) 3491-2333

Desmistificando o “Dia do Índio”

Data: 12/04/2021

Para comemorar o Dia do Índio, celebrado em 19 de abril, o Guarani Nhandewa Tiago Oliveira traz um depoimento sobre o olhar do indígena.

Local: redes sociais

Horário: segunda-feira

Informações: (14) 3491-2333

Passeio virtual pela Aldeia Ekeruá

Data: 13/04/2021

Por meio de vídeo, Terena David Henrique compartilha conosco parte da aldeia Ekeruá e fala sobre o dia a dia dos Terena que habitam nessa aldeia.

Local: redes sociais

Horário: terça-feira

Informações: (14) 3491-2333

Oração Guarani

Data: 14/04/2021

A enorme força espiritual dos Guarani se manifesta de diversas maneiras. Renan e João Vitor demonstram como fazer a oração do Pai Nosso na língua Guarani.

Local: redes sociais

Horário: quarta-feira

Informações: (14) 3491-2333

Apresentação de dança e cântico Guarani da aldeia Teregua

Data: 15/04/2021

O grupo de dança Tapê Porã Tekoa Teregua (Terra Indígena Araribá) transmite por meio de vídeo, sua dança e cântico. O vídeo mostra também depoimentos que revelam a importância dessa manifestação cultural para o seu povo.

Local: redes sociais

Horário: quinta-feira

Informações: (14) 3491-2333

Live: O Olhar indígena da aldeia Icatu em tempos de pandemia

Data: 16/04/2021

Ronaldo Iaiati, cacique da Aldeia Icatu e o professor indígena Samuel Oliveira retratam por meio de uma live os impactos e desafios vividos neste momento de pandemia e como tem sido resistir e garantir suas existências, mantendo ativas suas culturas e tradições.

Local: redes sociais

Horário: sexta-feira

Informações: (14) 3491-2333

Apresentação cultural do povo da aldeia Kopenoti

Data: 17/04/2021

O som, a dança e a união dos indígenas da aldeia Kopenoti são importantes para a transmissão do saber e fortalecimento da cultura. Por meio de vídeo, eles compartilham uma apresentação de dança e canto Guarani.

Local: redes sociais

Horário: sábado

Informações: (14) 3491-2333

Comida Tradicional Indígena

Data: 18/04/2021

Elizeu compartilha o passo a passo de um peixe assado, acompanhado de mandioca assada. Alimento tradicional indígena que os Guarani Nhandewa gostam de comer.

Local: redes sociais

Horário: domingo

Informações: (14) 3491-2333

Depoimento sobre o instrumento musical Mbaraká

Data: 19/04/2021

Os instrumentos musicais são muito importantes para os indígenas utilizarem em seus cânticos, danças e rezas! Apresentaremos o Guarani Elizeu, nome indígena “Awá Djerowewé”, que fala a respeito da relação do instrumento Mbaraká com a espiritualidade Guarani Nhandewa.

Local: redes sociais

Horário: segunda-feira

Informações: (14) 3491-2333

Brincadeira indígena: Corrida de maracá

Data: 20/04/2021

O grupo de Krenak da Terra Indígena Vanuíre apresenta por meio de vídeo o jogo “Corrida de Maracá”, uma modalidade que é usada em jogos e gincanas indígenas. Além de proporcionar lazer e interação, promove a transmissão da cultura de geração em geração.

Local: redes sociais

Horário: terça-feira

Informações: (14) 3491-2333

Esporte indígena: Arremesso de lança

Data: 21/04/2021

O grupo de Krenak da Terra Indígena Vanuíre apresentará, por meio de vídeo, o jogo “Arremesso de lança”. Trata-se de uma modalidade muito disputada em jogos e gincanas indígenas. Ele é dividido em equipes com 3 integrantes cada e em fases também distintas, mulheres, homens, infanto-juvenil e crianças, separados por sexo e idade, onde a equipe que jogar a lança mais longe, na somatória do grupo, vence a competição.

Local: redes sociais

Horário: quarta-feira

Informações: (14) 3491-2333

Pintura corporal do povo da aldeia Kopenoti

Data: 22/04/2021

Muitos indígenas pintam seus corpos em várias ocasiões. Para eles, essa pintura tem um significado importante que varia de povo para povo. No vídeo de hoje, um Terena da Aldeia Kopenoti, conta um pouco sobre a pintura corporal da sua região.

Local: redes sociais

Horário: quinta-feira

Informações: (14) 3491-2333

Os indígenas não fazem parte somente do passado

Data: 23/04/2021

Muitos têm a ideia de que os povos indígenas são atrasados, sendo que eles estão por toda parte, defendendo sua cultura.

Os povos indígenas produzem saberes, ciências, arte, literatura, música e religião, ou seja, tudo o que qualquer cultura produz.

Acompanhe o depoimento da indígena Lidiane Damaceno, Cacique da Terra Indígena Vanuíre, em que fala das ideias errôneas que os brancos têm sobre os indígenas e afirma que a cultura deles não é contrária à evolução e a tudo que é moderno.

Local: redes sociais

Horário: sexta-feira

Informações: (14) 3491-2333

Antes e pós pandemia na aldeia Tereguá

Data: 24/04/2021

Elizeu Terena, traz seu depoimento sobre o dia a dia de sua comunidade antes e pós pandemia, além de abordar as ações que realizam para preservar as referências indígenas e o seu povo.

Local: redes sociais

Horário: sábado

Informações: (14) 3491-2333

Cosmologia Guarani Nhandewa

Data: 25/04/2021

Por meio de vídeo, o Guarani Nhandewa Tiago Oliveira compartilha a forma como os Guarani vêem o mundo.

Local: redes sociais

Horário: domingo

Informações: (14) 3491-2333

Como forma de continuar a disseminar a cultura, as ações educativas da instituição e também o tour virtual permanecem de forma on-line pelas redes sociais e site (@museuindiavanuire e www.museuindiavanuire.org.br/culturaemcasa)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui