As qualidades que os capoeiristas possuem ajudam no atendimento às exigências na modalidade capoeira. Conhecida por um conjunto de competências e habilidades que fazem a diferença no universo dos capoeiristas. Essas qualidades não são alcançadas de um dia para o outro. É necessário determinação e muita aplicação na busca por eficiência no jogo.

Por muitas vezes, ela é alcançada em longo prazo, semeando amizades e interagindo socialmente, para poder colher bons frutos.

O capoeirista precisa criar oportunidades para obter segurança em seus trabalhos, além do seu sustento para comer, vestir, dormir, ou seja, ter condições básicas para a sua sobrevivência, pois dentro de um sistema político capitalista é difícil viver somente jogando capoeira.

Para que o capoeirista atinja a formação e consiga sobreviver desse esporte, é necessário que, antes, ele seja aplicado e dedicado, que participe de cursos e palestras, frequente batizados, rodas e apresentações, realize viagens, além de estar em dia com as mensalidades da academia. Estes investimentos duram anos e o aprendizado passa por várias faixas etárias.

Para adquirir a formação é exigido um tempo de prática e dedicação. Vivência com o mestre, e esse é um processo que passa por várias etapas da vida.

Com tantas exigências, muitas pessoas iniciam e abandonam essa arte, porque as necessidades econômicas e sociais são imediatas, e o reconhecimento da capoeira se dá através de sua vivência e participação nos eventos no decorrer de sua formação. Este percurso, faz parte de um caminho persistente e muita vezes sem fim.

Atualmente, todos os praticantes dessa modalidade, compreendem que não têm condições de ser profissionais de um dia para outro.

A sociedade exige comprometimento na formação educacional e profissional, e são esses investimentos paralelos que irão proporcionar segurança no emprego e possibilitar aos praticantes, os meios para cobrir as despesas que o capoeira necessita para a sua formação.

Mestres Cícero, Biro e Formiga

Mestre Biro – Capoeira e Escritor

Autor dos livros, Capoeira, cultura que educa, o Carroceiro e a Irmandade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui