“A paulista Rebeca Andrade,de 22 anos, entrou para a história da ginástica artística do Brasil ao conquistar a prata no individual nos Jogos de Tóquio (Japão), a primeira medalha olímpica feminina do país na modalidade, na manhã desta quinta-feira (29)”. Agencia Brasil

Rebeca Andrade. Foto: El País

Rebeca Andrade é a expressão da luta da mulher preta. Sua conquista reflete sua força, sua fé na brasilidade e tudo que envolve esse valor. Sua conquista reflete seu sacríficio, sua disciplina, sua humildade e seu respeito as todas as coisas.

Rebeca conquista o ouro através da sua ginga, da sua capoeiragem quando das pernadas diárias de 2 horas para chegar ao ginásio e treinar. Sua história é a ilutração da luta cotidiana do povo afroameríndio que em oposição à logica normatizadora rompe a regra e destaca na fresta, gingando e dançado.

Saravá Rebeca

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui