Acordei de manhãzinha

Peguei o meu berimbau

O gunga chamava alto

E debaixo da Figueira

 

Até seu boiadeiro acordou

Ele pegou o seu gibão

E se pós a tocar

Joguei a moeda na porteira

 

Só para ver o boi falar

Na porteira à cabeça

A prova que o boi falou

Mas no chão tem quem responde

Valha me meus Deus nosso senhor

Para quem não acredita

Vai no terreiro se benzer

Sua força e verdadeira

E não tem o que temer


Oluandei Diá Ngola

Poeta, capoeira, angoleiro, é do candomblé. Na política é de esquerda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui