por Igor Carvalho. Trabalhadores da Cultura se organizam e cresce movimento contra Mário Frias em São Paulo.  Ex-ministro pode assumir pasta da Cultura em governo de Tarcísio de Freitas, após gestão desastrosa em Brasília

Com 20 mil singatários, um abaixo-assinado organizado pelos trabalhadores da cultura de São Paulo repudia a possível nomeação de Mário Frias, ex-ator da Malhação e ex-secretário de Cultura do governo de Jair Bolsonaro (PL), para a pasta homônima na gestão de Tarcísio de Freitas (Republicanos) como governador paulista.

“Os trabalhadores da Cultura dizem NÃO ao nome de Mario Frias para comandar a Secretaria de Cultura no Estado de São Paulo”, diz o texto do abaixo-assinado. “Isso seria uma desgraça para a Cultura Paulista. Mario Frias não é respeitado na área cultural e trará para o estado a política de destruição do setor implementada por Jair Bolsonaro”, encerram os autores do documento.

Leia mais

Fonte: Brasil de Fato

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui