A arte da comunicação é, sem dúvida, uma das mais valiosas formas de expressão da humanidade, que durante milhares de anos utilizou sinais sonoros e vocais para se comunicar.

A comunicação tem ocupado um espaço na vida cotidiana desde sempre, tendo por propósito comum a transferência de informação de um ponto a outro.

Ela constitui a forma mais usada para as pessoas transmitirem seus pensamentos, e isto não acontece somente com os seres humanos, pois  grande parte das raças existentes na Terra utiliza este artifício, e a diferença entre os seres humanos e os outros seres, prende-se ao fato de que nós criamos muito mais formas de comunicação.

Nós agimos e em praticamente tudo, nos comunicamos no mundo em que vivemos. Relacionamo-nos com outros seres humanos, com os animais, com as coisas naturais e artificiais, com os fatos e acontecimentos, e imprimimos essa relação tanto por meio da linguagem quanto por meio de ações concretas.

Sempre utilizamos alguma forma de comunicação, e a capoeira é também reconhecida como uma valiosa forma que possibilita a comunicação. E igualmente a música que proporciona importante expressão dos sentimentos. Ela ajuda as pessoas a se socializarem, educa, disciplina, desenvolve o raciocínio e é um dos meios utilizados para o surgimento de novos ritmos e melodias.

Por meio da música as pessoas podem comunicar-se em muitos níveis, por muitas razões, com maior ou menor intensidade e de inúmeras maneiras. E a capoeira, sendo um processo de ritual cultural valiosíssimo, utiliza muito bem esse recurso.

A capoeira possui as melodias que oferecem elementos de grande valor para o estudo da nossa cultura, tanto do ponto de vista linguístico quanto folclórico, e principalmente histórico.

As letras falam de assuntos que marcam as diferentes épocas do contexto histórico do Brasil, contam tradições, lendas dos negros, falam de sabedoria, gracejos, amores, exaltam atos de bravuras, tristezas, alegrias e dores, bem como outros temas decorrentes do dia a dia dos capoeiristas.

As cantigas musicais são utilizadas como meio de comunicação, possuindo grande influência no comportamento humano e melhorando a relação social. Elas possibilitam uma variedade de sensações aos capoeiristas( paz, alegria, tristeza e dor). Desenvolve a percepção, pode aumentar o relacionamento entre eles, além de criar a capacidade de compreensão dos valores humanos.

As cantigas possuem vários ritmos que possibilita desenvolver nos capoeiristas os seus dons artísticos, capacitando e despertando sentimentos de paz, de guerra, de amor e de liberdade.

A capoeira, com suas cantigas musicais, ajudam crianças a se desenvolverem, adolescentes a se expressarem e os adultos a adquirirem mais poder de consciência, porque trabalha com a sensibilidade emocional de cada um.

Estudos e pesquisas descobriram e confirmaram que a música é um excelente meio de comunicação e de socialização. Por meio dela, as pessoas conseguem criar, refletir, absorver emoções e desenvolver o senso crítico.  Sendo assim, a musicalidade na capoeira conseguem ser fortes agentes de comunicação, envolvendo a participação de todos os praticantes nas rodas, onde os capoeiristas se comunicam cantando, jogando, batendo palmas ritmadas e tocando os instrumentos (berimbau, atabaque, pandeiro, e por vezes, o agogô e o reco-reco), criando uma verdadeira corrente de boas energias.


Mestre Biro – Capoeira e Escritor

Autor dos livros, Capoeira, cultura que educa, o Carroceiro e a Irmandade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui