Água doce
Ė lá do no rio
Água de sal é do mar
Na água da lagoa vejo até flor flutuar

Moça tão bonita
Índia dos cabelos longos
Nos somos capoeira
Viemos daquele quilombo

Passei por águas claras
Eu vi tanta beleza
Vi sabiá cantando
No galho da goiabeira

O rugido da onça
É coisa que tem aqui
No mato tem caboclo
Cuidado com a sucuri

Minha casa de palha
Tem pé de Laranjeira
De tarde manhãzinha
Tomo banho de cachoeira


 

Oluandei Diá Ngola
Poeta, capoeira, angoleiro, é do candomblé. Na política é de esquerda.

 

 

Tartaruga
Musico e Professor de capoeira

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui