O mestre possui muitos afazeres, sendo estes familiares, sociais, capoeirísticos e outros. E para poder administrar cada necessidade sem que uma prejudique a outra, é preciso que ele se organize, para não perder o controle da situação podendo assim aumentar a sua produtividade sem causar estresse.

Cada necessidade precisa de tempo disponível para ser realizada e para não haver descontrole no horário é preciso fazer uma programação na qual uma simples agenda é utilizada como ferramenta de organização. O mais difícil para o capoeirista é disciplinar-se e acreditar que a agenda é uma poderosa ferramenta de produtividade pessoal.

Todas as pessoas estão comprometidas com algo, e é quase impossível encontrar alguém que esteja desocupado o tempo todo. Assim, a prática de disciplina e a organização pessoal são utilizadas no mundo inteiro por diversos povos e etnias.

A organização pessoal, quando é vivenciada, demonstra bons resultados.

O capoeirista, muitas vezes por não conhecer esta poderosa ferramenta, acaba se perdendo no tempo porque não valoriza esse recurso que pode lhe trazer benefícios e segurança na programação de seus compromissos.

Os mestres de capoeira reconhecem que a organização é difícil, pois exige disciplina, compromisso e paciência, além de mudança de hábitos.  Contudo, cada vez mais, eles voltam sua atenção para essa necessidade, uma vez que contribuem direta e positivamente para seus negócios e para o sucesso de suas atividades, tornando-se consultores internos e independentes.

Com a necessidade de reduzir custos e obter mais lucro, os mestres de capoeira procuram atualizar-se nas atividades administrativas, melhorando a qualidade de atendimento, adquirindo informações, possibilitando administrar seus compromissos.

Os mestres de capoeira, professores e alunos fazem parte da sociedade e são influenciados pelos equipamentos tecnológicos que vieram para dar mais comodidade, facilitando os serviços internos e a comunicação, as relações sociais e, principalmente, a eficácia dos processos administrativos organizacionais da academia (pagamentos de contas, controle de mensalidades e de uniformes), além da administração das aulas, dos projetos e dos eventos. Todos esses compromissos demandam uma organização.

Os capoeiristas que reconhecem a importância da tecnologia e da agenda, com esses materiais adquirem mais comodidade, organização pessoal e eficiência, podendo essa ferramenta facilitar suas ações sociais, registrar e assegurar os eventos culturais.


Mestre Biro – Capoeira e Escritor

Autor dos livros, Capoeira, cultura que educa, o Carroceiro e a Irmandade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui