A Luta

129

Tem muitos para te derrubar

São poucos para fortalecer

E nessa vida traiçoeira

Só fica de pé quem aprendeu a viver

 

Trago no meu pescoço

O meu fio consagrado

Na cabeça tenho um chapéu

Que coloco meio de lado

 

Tenho fé tenho malandragem

A capoeira me ensinou

Rabo de arraia e ponteira

Viva a deus nosso senhor

 

Se cair eu me levanto

Tenho com quem posso contar

Nkosi não me abandona

E tranca rua vai em amparar


Oluandei Diá Ngola

Poeta, capoeira, angoleiro, é do candomblé. Na política é de esquerda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui