A capoeira, os capoeiras e os seus desafios

129

O IPHAN Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico e Nacional publicou recentemente 22/03 o chamado para consulta pública sobre a revalidação dos registros do Ofício do Mestre de Capoeira e da Roda da capoeira.

Essa consulta fica disponível para acolher manifestação até meados do dia 22 de maio. O objetivo é reunir manifestações favoráveis a revalidação dos registros contidos nos Livros Registro dos Saberes e Formas de Expressão.

Esses registros compõem parte do processo normativo encarregado na formulação de políticas públicas de salvaguarda, fomento e financiamento do bem.

O parecer do Iphan coletou depoimentos de cerca 1100 capoeiristas de várias regiões do Brasil. O parecer identificou diversos casos que contrariam a Constituição Federal, e que tem prejudicado a preservação da tradicionalidade e ancestralidades da capoeiragem.

Censura, proibições de práticas da capoeira em praças públicas. Pedido prévio para o uso do espaço público, intolerância religiosa e perseguição a capoeiristas por autoridades públicas evangélicas estão relatadas no parecer segundo matéria da Jornalista Thais Seganfredo do Portal Nonada.

Ao mesmo tempo, a matéria de Thais expõe iniciativas sustentáveis como o manejo da Biriba nos Estados do Sergipe e Espirito Santo.

A cada 10 anos é necessária uma atualização no processo de registros dos Bens Culturais como forma de absorver as mudanças e os movimentos criados com a prática cultural. Chegou o momento da reavaliação e da revalidação.

O Iphan disponibilizou o link para a manifestação de qualquer pessoa sobre a importância da revalidação.

https://www.gov.br/iphan/pt-br/assuntos/noticias/aberta-consulta-publica-sobre-a-roda-de-capoeira-e-oficio-dos-mestres-de-capoeira


Calado
Capoeira Jornalista & Gestor Cultural

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui